Impressões depois de um ano de Canadá: Custo de Vida

Como falei nos últimos posts, foi um ano corrido por aqui. Aos poucos eu retomo o blog falando de alguns tópicos que eu acredito vai ajudar quem está lendo e planejando uma mudança.

Na série de hoje falo sobre Custo de Vida. Nos próximos posts eu vou falar sobre transporte e habitação.

Canadá não é barato. O que mais ouço por aqui são pessoas que se assustam com o preço final das coisas. O imposto é caro (e é claro, pois vc sabe exatamente quanto está pagando) e muitas coisas que às vezes tornava seu custo de vida mais barato no Brasil (morar com pais, almoçar na casa de familiares, dividir coisas com a família) aqui não tem.

O custo de vida daqui é programado para quem ganha em dólar. Não adiante reclamar que na conversão fica pior, que é ruim, bla bla bla. Obviamente você ganhar em real não importa aqui. A moeda é dolar e a cotação do seu país tanto faz.

Cada área do Canadá tem seu custo. No interior e principalmente nas províncias que ficam no meio do Canadá ou meio longe das áreas mais urbanas (Alberta, Saskatchewan, Manitoba) são mais baratas. Quebec, embora urbano, é uma província muito mais barata que British Columbia e Ontario, por exemplo. BC é a mais cara, ainda que não seja tão grande como Ontario, por ser na costa Oeste. As paisagens e a natureza de British Columbia não são baratas.

O que faz tudo ficar mais caro em BC é o preço da habitação. Vou entrar mais nisso em um post específico, mas resumindo até a gasolina fica mais cara por que os postos de Vancouver estão acabando para ceder terreno para construção civil. É crazy.

Tudo fica mais inflacionado: preço de comida, gasolina, seguro… Infelizmente é o preço que se paga para estar em BC. Em Vancouver, especialmente, o salario mínimo não é o suficiente. Se em outras províncias da pra se virar bem ou pelo menos mais ou menos, se você mora em Vancouver, precisa ganhar mais.

Recentemente conversei com uma Canadense que trabalha com RH em Vancouver que me disse que tá difícil contratar pessoas para cargos com salários menores porque as pessoas não moram mais em Vancouver. Enfim. É a realidade por aqui.

Agora se você sai de Vancouver e vai morar em cidades vizinhas, já nota de cara a diferença. Aqui em Coquitlam pela primeira vez na vida vi um lugar que corta cabelo por 10 dólares, por exemplo. É grande a diferença e a distância nem é tanto (1 hora de skytrain).

Há algum tempo fiz um post detalhado sobre custos. O aluguel subiu, mas o resto continua mais ou menos igual. Se quiser conferir, dá uma lidinha aqui. ATENTE: o aluguel em Vancouver – e região próxima – subiu. E não tá parando de subir.

Se você quer muito vir pro Canadá, mas tá assustado com os preços daqui, sugiro olhar em outras provínicias também (todas mais baratas). Dizem que Alberta, em termos de natureza, é tão ou mais bonita que British Columbia. Ontario é mais urbana. Manitoba é mais rural. Quebec é mais europeia. Enfim. Há outras opções mais baratas que British Columbia.

Se você trabalha com Cinema e Tecnologia, pela extensão da oferta de trabalho aqui em BC, pode valer mais a pena ficar aqui, apesar dos preços altos. Daí a solução é sair de Vancouver e se mudar para os subúrbios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s